É um aviso ... (ºLº)

Maconha - Efeitos Físicos e Psíquicos

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011



Maconha - Efeitos Físicos e Psíquicos Podem ser físicos( ação sobre o próprio corpo ou parte dele) e psíquicos (ação sobre a mente). Esses efeitos sofrerão mudanças de acordo com o tempo de uso que se considera, ou seja, os efeitos são agudos (isto é, quando ocorrem apenas algumas horas após fumar) e crônicos (conseqüências que aparecem após o uso continuado por semanas, meses ou mesmo anos). Os efeitos físicos agudos são muito poucos: os olhos ficam meio avermelhados, a boca fica seca e o coração dispara (de 60-80 batimentos por minuto pode chegar a 120-140 ou até mais. Os efeitos psíquicos agudos dependerão da qualidade da maconha fumada e da sensibilidade de quem fuma. para uma parte das pessoas, os efeitos são uma sensação de bem-estar acompanhada de calma e relaxamento, de diminuição da fadiga e vontade de rir. Para outras pessoas os efeitos são mais desagradáveis: sentem angústia, ficam aturdidas, temerosas de perder o controle da cabeça, trêmulas e suando. È o que, comumente, chamam de "má viagem". Há, ainda, evidente pertubação na capacidade da pessoa calcular tempo e espaço e um prejuízo na memória e atenção. Aumentando-se a dose e/ou dependendo da sensibilidade, os efeitos psíquicos agudos podem chegar até a alterações mais evidentes, com predominância de delírios e alucinações. O delírio é uma manifestação mental da qual a pessoa faz um juízo errado do que vê ou ouve. Neste caso, há mania de perseguição (delírios persecutórios). A mania de perseguição pode levar ao pânico e, consequentemente, a atitudes perigosas ("fugir pela janela", agredir as pessoas em "defesa" antecipada contra agressão que julga estar sendo tramada). Já a alucinação, que é uma percepção sem objeto, pode ter fundo agradável ou terrificante. Já os efeitos físicos crônicos da maconha são maiores. Com o continuar do uso, vários órgãos do corpo são afetados. Os pulmões são um exemplo disso, levando a problemas respiratórios ( bronquites), como ocorre também com o cigarro comum. Porém, a maconha alto teor de alcatrão (maior mesmo que no cigarro comum) e nele existe uma substância chamada benzopireno, conhecido como agente cancerígeno. Ainda não está provado cientificamente que a pessoa que fuma maconha cronicamente está sujeita a contrair câncer dos pulmões com maior facilidade. Mas, os indícios, de que assim possa ser, são cada vez mais fortes. Há ainda, os efeitos psíquicos crônicos da maconha. Sabe-se que o uso continuado da maconha interfere na capacidade de aprendizagem e memorização e pode induzir um estado de amotivação. Além disso, a maconha pode levar algumas pessoas a um estado de dependência, isto é, elas passam a organizar sua vida de maneira facilitar o uso da maconha, sendo que tudo perde o seu valor. Nomes mais conhecidos: Maconha, haxixe, cânhamo, bangh, ganja, diamba, marijuana e marihuana. Nomes populares: Baseado, erva, tora, beise, fumo, bagulho e fininho.

Divirta-se Assistindo

Loading...

Blog Archive

Blogger news